Páginas

sábado, 31 de outubro de 2015

SESSÃO DA CÂMARA DE SÃO JOSÉ DO JACUÍPE TERMINA EM TUMULTO


video

A sessão da câmara de vereadores de São José do Jacuípe terminou em tumulto nesta sexta-feira, dia 30/10/2015. O ponto principal foi a votação sobre a abertura ou não da investigação da denúncia feita contra a prefeita Verinha, acusada de contratação de funcionários fantasmas e superfaturamento de linhas de transporte escolar. Esta matéria seria apreciada na sessão do dia 23, mas a ausência dos vereadores Gildásio do Requeijão, Gerson, Genival e Aninha de Daniel impossibilitaram que acontece. Na última sexta-feira, dia 30, todos os nove vereadores se fizeram presentes e matéria foi votada. Após os pronunciamentos dos vereadores, o presidente José Oliveira procedeu a votação da matéria, que foi aberta, com cada vereador dizendo seu voto no microfone. A votação terminou 6 a 3, a favor de abrir a investigação, no entanto, o resultado não foi homologado, pois a vereadora Ana Katúcia, popular Aninha de Daniel, após ter votado SIM, afirmou ter se enganado e disse que votaria NÃO.
O Presidente hesitou e ao reler os votos afirmou que a vereadora havia votado NÃO, o que causou tumulto e revolta do público presente, que compreendia jovens com cartazes que pediam o impeachment da Prefeita . Sem pulso para terminar a sessão, o presidente se recolheu em reunião com os vereadores e ao retornar, informou ao público que o fim da votação ficaria para a próxima sessão, o que causou mais tumulto ainda, durante o qual a Ana Katúcia, que afrontou os manifestantes com gritos e gestos, tirou seu casaco e fez menção de girá-lo. Testemunhas dão conta de que deixou o plenário transtornada.

Caso o Presidente permita que a vereadora volta atrás em seu voto, o resultado passa a 5 a 4, inviabilizando a abertura da investigação, caso não permita, o placar permanecerá 6 a 3 e o processo de impeachment será aberto. Votaram a favor da investigação os Vereadores: José Oliveira, José Raimundo, Joaquim Vilaronga, Antônio Marcos e Ana Katúcia (voto ainda em aberto) e os vereadores que votaram contra foram Gerson, Genival e Gildásio do Requeijão.

video

Nenhum comentário: