Páginas

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Uma pergunta para Raul

Olha! 25 anos que o Maluco Beleza se foi. Para lembrá-lo, eis uma pequena crônica que viaja em sua poesia que "é mas não é, e também não deixa de ser".

* 28/06/1945    +21/08/1989
Uma pergunta para Raul
Plunct, plact zum! O que eu diria se me encontrasse com Raul Seixas? Putz, não consigo pensar em nada. Eu nem gosto muito das músicas dele, não sei se por gosto divergente ou por cisma mesmo. A verdade é que é difícil entender o motivo de alguém gostar e também de não gostar do Raulzito. Por isso não sei o que diria se me encontrasse com ele, embora alguns me chamem de maluco e até de maluco beleza.
A grande sacada disso tudo, é que o doido do Raul consegue em suas letras identificar uma parte minúscula de cada ser humano, afinal, todo indivíduo por si só, é uma “metamorfose ambulante”, mas mesmo assim, acho que ele ficaria tão calado “e eu com medo de falar”. É difícil ter alguma coisa pra falar ao cara que mandou o Al Capone se orientar e que deu a melhor opção de todas para o povo: alugar o Brasil, nosso velho país, paraíso burocrático onde tudo "tem que ser selado, registrado, carimbado, avaliado, rotulado se quiser voar", pensar, comer, viver, etc...
Mas como ele se apresentaria? Vestido de “cowboy fora da lei” ou “um velhinho sentado na calçada com uma cúia de esmola e uma viola na mão”? Não há como precisar as atitudes de um cabra macho que se diz "o início, o fim e o meio", um "maluco beleza". Acho que não diria nada, iria acabar contemplando sua maluquez misturada com sua lucidez.
Acho que quando ele me visse sem saber o que dizer, ele ia falar: “Tente outra vez”. Esse é o Raul. E então, eu ali a observar o caminho que não tem onde ir, para não ficar mudo diante de tanta loucura real, perguntaria:
- Por que um sítio no sertão de Piritiba?

2 comentários:

rivaldo souza dos santos disse...

Parabéns, a região precisa de mais pessoas como você.

rivaldo souza dos santos disse...

Parabéns, a região precisa de mais pessoas como você.